Azinheiras na Irlanda
Plantas

Azinheiras na Irlanda


Azinheira classificada em S. Brás de Alportel

A azinheira (Quercus rotundifolia Lam.) é uma espécie com ampla distribuição pela bacia do Mar Mediterrâneo, desde a zona do Cáucaso até à Península Ibérica. No nosso país,pese embora se concentre sobretudo no interior sul, cresce desde o barrocal algarvio até à Serra de Montesinho. A azinheira, tal como o sobreiro (Quercus suber L.), são espécies características de zonas sujeitas à influência do macroclima mediterrânico. No entanto, as azinheiras são mais resistentes à secura e ao frio do que os sobreiros, motivo pelo qual esta espécie não se restringe apenas ao sul do país, aparecendo em zonas do interior centro-norte, com clima de Inverno mais agreste mas com reduzidos índices de pluviosidade anual e uma acentuada secura estival (por exemplo, na zona de Almeida, na chamada Beira Transmontana).



Na Serra da Estrela, graças à sua resistência a condições climatéricas adversas, sobrevive mesmo em altitudes relativamente elevadas, ainda que limitada a um porte arbustivo. De resto, e de acordo com o "Guia Geobotânico da Serra da Estrela", de Jan Jansen, para além de indivíduos isolados, subsistem apenas resquícios de antigos bosques de azinheira em vales mais isolados (Cortes, Beijames, Sameiro e no do Mondego entre a Senhora da Assedasse e a Quinta da Taberna).


A azinheira tem ainda um elevado potencial como árvore ornamental, o qual é totalmente desprezado no nosso país, onde continua a imperar a ideia de que o que vem lá de fora é que é bom. Esta ideia aplica-se a quase tudo, incluindo as árvores que se plantam nas cidades.
Não se trata de nenhum fundamentalismo mas, de vez em quando, para além de se plantarem árvores exóticas (plátanos, tílias, araucárias, cedros, etc.), faria algum mal plantarem-se árvores autóctones? Será parolice plantar, uma vez por outra, uma azinheira ou um teixo?


Azinheiras em Phoenix Park (Dublin) - Agosto 2005


Quem já se rendeu à beleza das azinheiras* foram os irlandeses que as plantam com alguma regularidade em parques e jardins. De passagem por lá, pude ver vários exemplares, em Dublin e em Kilkenny.
Outra coisa que me intrigou na Irlanda, foi o facto dos irlandeses não pareceram importar-se com o facto de as árvores crescerem, darem sombra ou taparem a vista da casa do vizinho, tudo coisas que, como se sabe, incomodam profundamente os portugueses...que povo estranho estes irlandeses!...


* Estas azinheiras irlandesas, com quase toda a certeza, pertencem à espécie Quercus ilex, diferente da nossa (Quercus rotundifolia). No entanto, para alguns autores, estas azinheiras são subespécies e não espécies distintas.



loading...


- Sumptuosa
Azinheira (Quercus rotundifolia Lam.) - Benafim (Loulé) Regresso a uma das maiores azinheiras do Algarve, na aldeia de Benafim. Porque as azinheiras podem ser assim, sumptuosas, quando crescem sem podas. ...

- A Azinheira Do Almarginho
Azinheira (Quercus rotundifolia Lam.) - Almarginho (sítio do Barreiro) - freguesia de Salir (Loulé)   Em vésperas do Dia da Árvore dou a conhecer um daqueles exemplares que nos enamora à primeira... Refiro-me à magnífica azinheira (Quercus...

- A Mais Fotografada
Azinheira (Quercus rotundifolia Lam.) - Santuário de Fátima (junto à Capela das Aparições) É Ernesto Goes quem o escreve no Árvores Monumentais de Portugal: "Esta azinheira deve ser hoje a mais conhecida e fotografada do Mundo". Ainda de acordo...

- Viagens Iii
Azinheira (Quercus rotundifolia Lam.) Gosto muita desta azinheira (outra das minhas companheiras de viagem...), à qual coloquei o nome de "azinheira que chora". Situa-se alguns quilómetros a norte de Portel (sentido Sul-Norte), do lado esquerdo da...

- Azinheira Monumental
O Algarve não se limita às praias e aos bares da Oura... Partam à descoberta do interior e da Serra do Caldeirão e, passando por S. Brás de Alportel, percam o medo a ser parolos e façam um pic-nic à sombra desta magnífica azinheira (Quercus rotundifolia...



Plantas








.