Carnívoras e Seus Mistérios
Plantas

Carnívoras e Seus Mistérios



Não se assuste elas são bem mais inofensivas do que o nome sugere. Você pode chegar perto, alisar, tocar, que seu dedo continuará inteirinho. Essas tão faladas plantas carnívoras não passam, na verdade, de papa-moscas, mas nem por isso deixam de ter seus encantos.
As plantas carnívoras, pelo menos as mais conhecidas ecultivadas pelo mundo todo, não se parecem em nada com aquelas monstruosidades que se tornaram famosas nos filmes de Tarzan e desenhos animados. Pequenas e muito decorativas, sua única diferença em relação a outras plantas é o fato de terem uma estrutura especialmente adaptada para capturar e digerir insetos. No Brasil, a mais difundida e cultivada é o nepentes. Nativa de Sumatra, Bornéus, Filipinas e Madagáscar, regiões de solo muito pobre em nitrogênio, ela se adaptou de modo a retirá-lo dos insetos. Na extremidade de algumas folhas aparece uma formação muito estranha, parecida com uma jarra bojuda, cuja borda superior é vermelha e escorregadia. Atraído pela cor e pelo perfume adocicado que os nepentes exalam, o inseto se aproxima e - zás! ?escorrega para dentro da ?jarra?, um revestimento de pêlos muito duros e virados para baixo completa o serviço, impedindo a fuga da presa, que é digerida pelo líquido viscoso que cobre o fundo da jarra.
Se você é daqueles que não se impressionam facilmente e gosta de plantas originais, saiba que é muito fácil cultivar nepentes em casa. A mistura de solo deve ter terra vegetal, humus e pó de xaxim em partes iguais, o xaxim também pode ser substituído por pó de coco. O vaso precisa ficar em local bem arejado à meia sombra e regado copiosamente, pois a planta gosta de umidade. Além de nepentes, existem ainda algumas outras plantas carnívoras, mas bem menos difundidas. É o caso da Drósera encontrada na serra do mar e em algumas áreas de Santa Catarina. Suas folhas crescem rente ao solo e delas saem longos tentáculos que secretam um líquido viscoso. Quando um inseto pousa sobre as folhas, fica grudado ao líquido, ao mesmo tempo em que os tentáculos se fecham, aprisionando-o. Outras plantas carnívoras: utricularia, dioneia e sarracenia, raramente encontradas no Brasil, mas que podem ser facilmente cultivadas em nosso país.
As mudas destas belas e misteriosas espécies podem ser facilmente encontradas nas melhores Floriculturas, acesse nosso site oficial e surpreenda-se com o fantástico mundo das flores.

http://www.multifloranet.com.br - Floricultura Multiflora fernandopolis
Foto: Internet/Google



loading...


- Como? Por Que?
Sempre vivemos em torno de saber o por que das coisas e torna-se praticamente impossível não pensar em como elas funcionam. No "universo" da Natureza as plantas sempre levantaram muitas questões curiosas, principalmente para as crianças, perguntas...

- Drósera
Descubra os segredos desta bela carnívora brasileira.Nome Científico: Drosera sppNome Popular: dróseraOrigem: BrasilPorte: há dróseras com alguns centímetros à espécies de 1 metro de altura.Folhas: recobertas por pêlos repletos de um líquido...

- Meu Pé De Coco
O coqueiro-da-baía está nas praias tropicais de todo o mundo, mas não se sabe como veio parar aqui no Brasil. O que se imagina é que os cocos tenham sido trazidos pelo mar e as sementes brotado junto às praias. O certo é que os coqueiros são hoje...

- Repelentes Naturais
Algumas espécies quando plantadas em canteiros ou jardins, são excelentes para repelir insetos. As mais comuns são: Gerânio: afasta insetos em geral Cravo-de-defunto: afasta nematóides Hortelã: evita a ação de formigas Gergelim: repele a formiga...

- Multiflora Fernandopolis - Conhecendo As Espécies - Plantas Carnívoras
DionéiaNome Científico: D. muscipulaNome Populares: dionéia e papa-moscasOrigem: Estados UnidosPorte: de 1cm a 4cm de alturaFolhas: modificadas, que lembram uma boca aberta, cada uma com três pêlos na face interna, que atuam como sensores e dispositivos...



Plantas








.