IPÊ- AMARELO - ( Tabebuia )
Plantas

IPÊ- AMARELO - ( Tabebuia )



IPÊ- AMARELO - ( Tabebuia )

NOME CIENTÍFICO:
Algumas espécies:
Tabebuia Alba  (Ipê-amarelo-da-serra)
Tabebuia chrysotricha (Ipê-amarelo-cascudo)
Tabebuia Ochracea
Tabebuia Serratifolia (Pau-d’arco-amarelo)

NOME POPULAR: Conhecidos como Ipê-amarelo ou Pau-d’arco

FAMÍLIA: Bignoniaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Brasil.

PORTE: Conforme a espécie são encontrados de 4 a 25 metros de altura.

FOLHAS: Compostas, pilosas quando jovens, com 3 a 7 foliolos. 

IPÊ- AMARELO - ( Tabebuia ) - Ramo jovem

FLORES: De coloração amarelo-vivo, despontam quanto está terminando o inverno, fim de julho/ agosto.

IPÊ- AMARELO - ( Tabebuia ) - Detalhe da flor

FRUTOS: Finos, cilíndricos, compridos, com muitas sementes aladas.

IPÊ- AMARELO - ( Tabebuia ) - Detalhe das vagens

IPÊ- AMARELO - ( Tabebuia ) - Detalhe das sementes aladas

TRONCO: De coloração pardo-escuro, com  diâmetro que varia conforme a espécie, de 30 a 80 cm. A madeira é bastante dura, compacta, pesada, de grande durabilidade.

IPÊ- AMARELO - ( Tabebuia ) - Detalhe do tronco

Nota: A espécie Tabebuia chrysotricha sua madeira é  moderadamente pesada.

LUMINOSIDADE: Sol pleno.

ÁGUA: Manter o solo ligeiramente úmido quando a planta ainda for jovem, uma vez estabelecida, só regar no caso de estiagens prolongadas, 1 vez por semana. Não gosta de encharcamento.

CLIMA: Quente e úmido.

PODA: Realizar poda / formação, eliminando galhos desnecessários e brotos que vão surgindo, de forma a conduzi-la no formato de uma árvore.

CULTIVO: Prefere solo areno-argiloso, deve ter boa drenagem.

FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio abra uma cova no tamanho 40 x 40 cm e misture bem a terra retirada, com 20 a 30 litros de esterco animal bem curtido ou 10 colheres de sopa de NPK, fórmula 10-10-10. Depois pode ser feito adubação de cobertura 4 vezes por ano, começando com 3 colheres de sopa e ir aumentando a medida que a planta for crescendo, coloque sempre na projeção da copa, nunca junto ao caule.

UTILIZAÇÃO: Em grandes jardins e praças públicas. Por ter um porte menor em relação as demais espécies a Tabebuia chrysotricha tem sido a mais usada pelos paisagistas.

PROPAGAÇÃO:  Por sementes

PREÇO: Uma  muda de 90 cm de altura estava sendo comercializada a R$ 6,00.

FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei na chácara onde moro.



loading...


- Ipês - Beleza Exuberante
Quem ainda não ficou contemplando a beleza dos ipês pelo menos uma vez na vida? Impossível tal espécie passar despercebida pela imponência e seu colorido e daí vem a pergunta: uso ipê em meu jardim? A florada dos ipês não dura muito, mas sua...

- GrevÍlea-anà - ( Grevillea Banksii )
Arbusto ou arvoreta bastante ornamentalGrevillea banksiiNOME CIENTÍFICO: Grevillea banksii Nota: Existe a Grevillea banksii ‘Alba’, com flores brancas. NOME POPULAR: Grevílea, grevílea-anã, grevílea-de-jardim. FAMÍLIA: Proteaceae. CICLO DE...

- Jasmim-manga - ( Plumeria Rubra )
JASMIM-MANGA - ( Plumeria rubra )NOME CIENTÍFICO: Plumeria rubra. Nota: A Plumeria rubra variedade acutifoia, tem flores brancas com o centro amarelo, e são bem perfumadas. NOME POPULAR: Jasmim-manga, árvore-pagode, plumélia, jasmim-de-são-josé,...

- TriÁlis, ResedÁ Amarelo - ( Galphimia Brasiliensis )
NOME CIENTÍFICO: Galphimia brasiliensis. NOME POPULAR: Triális, resedá-amarelo, quaró, tintureira. Nota: Apesar de ser conhecido como resedá-amarelo, não é da mesma família dos conhecidos Resedás (Lagerstroemia indica). SINONÍMIA: Thryallis...

- IpÊ-roxo, IpÊ-rosa - ( Tabebuia )
IPÊ-ROXO, IPÊ-ROSA - ( Tabebuia )IPÊ-ROXO, IPÊ-ROSA - ( Tabebuia ) NOME CIENTÍFICO:  Tabebuia avellanedae, Tabebuia heptaphylla, Tabebuia impetiginosa. Nota: São três espécies diferentes, mas com diferenças muito pequenas entre elas, portanto...



Plantas








.