Curiosidades das Insectívoras
Plantas

Curiosidades das Insectívoras



O clima de mistério que envolve o mundo das plantas carnívoras atraem muitos curiosos dispostos a conhecer mais destas enigmáticas especies e a desvendar seus segredos. Há quem pensa que uma planta carnívora devolva algo vivo em segundos, mas a verdade é que a digestão pode durar até 12 dias, dependendo da espécie e do tamanho da planta e da presa,
Até para um ser humano é difícil capturar uma mosca mesmo com movimentos rápidos, agora imagine uma planta estática fazer esta proeza, na verdade as carnívoras atraem sua presas com cores vivas e odores (adocicados ou podres), estes mecanismos é que garantem o sucesso da "caça" aos insetos, que iludidos pela estratégia da planta acabam virando banquete.
Ao ser capturado não adianta o inseto lutar pela fuga, pois esta ação irá estimular a produção de enzimas e dar início a digestão. Algumas espécies de plantas carnívoras contam, ainda, com ajuda de microrganismos para sintetizar o alimento ingerido. A fuga de dentro de uma carnívora só acontece com os restos do inseto que não foi digerido pela planta, mas aí já é tarde demais.
Com pedras, gravetos ou demais corpos estranhos que por ventura venham a cair dentro da planta, imediatamente são identificados como não sendo alimento e são expelidos para fora da planta.
Os mecanismos de captura das carnívoras podem ser divididos em 3 tipos de armadilhas:
Folhas colantes (No caso da Dionea, as folhas se fecham para prender a vítima), urna alagada (Nas Nepenthes, o bicho desliza pelas paredes e se afoga no fundo de um bolsão) e bico adesivo (A Drosera, espécie mais comum no Brasil, tem pelugem grudenta nas folhas. Elas se curvam sobre a presa para devorá-la).
As armadilhas da espécie Dionea são utilizados em média de dez a 12 vezes durante seu tempo de vida.














loading...


- Defesa Natural
Entre as plantas exóticas encontradas no Brasil uma das mais curiosas é a dormideira, sensitiva ou dorme-dorme (Mimosa pudica), que curiosamente fecha suas folhas instantaneamente ao ser tocada. Esse movimento de defesa se deve ao fato da capacidade...

- A Carnívora Rajah
A planta carnívora da espécie ?Nepenthes rajah? é conhecida por conseguir prender e digerir pequenos mamíferos como ratos, lagartos e sapos, que geralmente caem dentro do seu jarro e ficam presos ou morrem afogados quando buscam pela água armazenada...

- Drósera
Descubra os segredos desta bela carnívora brasileira.Nome Científico: Drosera sppNome Popular: dróseraOrigem: BrasilPorte: há dróseras com alguns centímetros à espécies de 1 metro de altura.Folhas: recobertas por pêlos repletos de um líquido...

- Carnívoras E Seus Mistérios
Não se assuste elas são bem mais inofensivas do que o nome sugere. Você pode chegar perto, alisar, tocar, que seu dedo continuará inteirinho. Essas tão faladas plantas carnívoras não passam, na verdade, de papa-moscas, mas nem por isso deixam...

- Multiflora Fernandopolis - Conhecendo As Espécies - Plantas Carnívoras
DionéiaNome Científico: D. muscipulaNome Populares: dionéia e papa-moscasOrigem: Estados UnidosPorte: de 1cm a 4cm de alturaFolhas: modificadas, que lembram uma boca aberta, cada uma com três pêlos na face interna, que atuam como sensores e dispositivos...



Plantas








.