Três em Uma - Cavalinha Milagrosa
Plantas

Três em Uma - Cavalinha Milagrosa




Imagine encontrar numa planta: ajuda no combate a celulite, estrias e auxílio no emagrecimento. Parece utopia? De forma alguma, esta planta existe e esta cada vez mais cultuada entre as mulheres.
Conhecida por vários nomes populares, entre eles, como cavalinha, árvore-de-natal, cauda de esquina, cauda-de-cavalo, erva de canudo, equisseto, milho-de-cobra, pinheirinho, rabo-de-cavalo, cavalinha holandesa, lixa-vegetal e rabo-de-rato. A Equisetum giganteum é uma planta antiga que esteve presente no tratamento de problemas respiratórios, infecções urinárias e problemas de próstata do povo romano, rústica e tolerante ao frio esta bela planta ornamental é uma das poucas pteridófitas que se adaptam bem ao sol pleno.
Pertencente a família das samambaias esta bela espécie foi perdendo suas folhas que foram reduzido-se à escamas, sendo assim, sua fotossíntese é realizada por suas hastes ocas e articuladas, para sua reprodução assexuada, produz cones contendo esporos.
No Brasil, atualmente a cavalinha pertence a lista de ervas reconhecidas pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e é amplamente utilizada para amenizar dores de cabeça, hemorragias, equilibrar a pressão e ainda na prevenção de osteoporose, por isso é facilmente encontrada em farmácias de manipulação.
Com hastes que chegam até 2 metros de altura, a cavalinha que era utilizada basicamente como planta ornamental na composição de lagos artificiais e fontes, por preferir locais úmidos e solo rico em matéria orgânica, foi ganhando mais status de planta medicinal por suas ricas propriedades.
Dentre todas as suas qualidades o que chama mais atenção nesta espécie são suas propriedades diuréticas, que por evitar a retenção de líquidos, auxilia muito no emagrecimento; no combate a celulite e estrias, acelerando o efeito do colágeno no organismo.
Rica em substâncias como glicosideos flavônicos, saponinas, potássio e ácido gálico ela promove uma verdadeira faxina no organismo, eliminando substâncias tóxicas.
Fonte de taninos, poderosos adstringentes, melhora o tratamento externo da acne, possui ainda silício que participa da calcificação dos ossos e age sobre as fibras elásticas das artérias.




Como anti-inflamatória, a cavalinha ameniza inchaços, inclusive o inchaço pré menstrual, também acelera a cicatrização e aumenta a elasticidade da pele, atuando como hidratante profundo.
Pensa que acabou? Pelo contrário, ela ainda fortalece as unhas e dá brilho aos cabelos.
A cavalinha é facilmente encontrada em casas de jardinagem, supermercados, floriculturas, viveiros de mudas, ervanários, lojas de produtos naturais e de plantas medicinais, aqui no interior de São Paulo, ainda é possível encontrá-la em terrenos baldios, nos quintais de residências e hortas; dificilmente alguém vai cobrar por elas, porém, para quem necessita adquiri-la nos grandes centros, não desanime seu preço é baixo, quase insignificante frente a tantos benefícios que ela presta ao seu organismo.
Encontrada desde a região central do Chile ao Brasil e do sul ao norte do México, a cavalinha é natural da América do Sul e América Central.
Pode ser consumida in natura ou desidratada na forma de chás, óleos e compressas. Mas como toda planta, deve-se tomar cuidado com a ingestão de chás e infusões de maneira desordenada, em excesso, pode causar intoxicação e irritação no intestino.
Antes de seguir qualquer procedimento ou começar qualquer tratamento, é aconselhável procurar ajuda médica, já que a cavalinha é contra indicada por pessoas que tenham pressão baixa.

Nome científico: Equisetum giganteum
Nomes Populares: Cavalinha, cauda-de-raposa, cauda-de-cavalo, árvore-de-natal, erva-de-canudo, pinheirinho, milho-de-cobra, rabo-de-cavalo
Sinonímia: Equisetum martii, Equisetum ramosissimum, Equisetum xylochaetum
Divisão: Pteridophyta
Família: Equisetaceae
Origem: América do Sul e América Central
Ciclo de vida: perene



loading...


- Musgo-renda - Selaginella Umbrosa
Nome Científico: Selaginella umbrosa Nomes Populares: Selaginela, Musgo-renda Família: Selaginellaceae Categoria: Folhagens Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical Origem: América Central, América do Norte, América do Sul Altura: menos de 15 cm...

- Catinga-de-mulata
As folhas desta bela espécie são finas, longas e ovais, originária dos Bálcãs, ela chama a atenção dos brasileiros pelo curioso nome popular de catinga-de-mulata. Este pequeno arbusto também é conhecido popularmente como atanásia, erva-de-são-marcos,...

- Dedo-de-moça
A beleza e a delicadeza do deinho-de-moça encanta adultos e crianças. Esta suculenta esta entre as mais vendidas em viveiros de mudas e floriculturas.Nome Científico: Sedum morganianum Nomes Populares: Rabo-de-burro, cauda-de-burro, bananinhas, dedinho-de-moça,...

- Cavalinha - ( Equisetum Ssp )
Clique para ampliar  Equisetum sspNOME CIENTÍFICO: Equisetum ssp. Nota: Seu nome significa: “equi” = cavalo e “setum” = cauda, ou seja: rabo-de-cavalo. Existe diversas espécies de plantas do gênero Equisetum. NOME POPULAR: Cavalinha,...

- Equisetum Arvense
Nome cientifico: Equisetum arvense L. Nome vulgar: Cavalinha Local: Linha de água da Mata do Coto A cavalinha é uma das plantas que por não ter flores também não tem sementes e por isso a sua reprodução é assegurada por esporos contidos numa...



Plantas








.